Jésus mostra uma das suas criações em Performance Art.  “Sopros”  é uma Performance/Instalação em que o performer se coloca dentro de um contêiner e, por meio do sopro/respiração, faz um exercício continuado de inspirar e expirar enchendo balões de cor preta que, com o passar do tempo, transbordam as bordas do contêiner em que ele se encontra.. A ação possui 4 horas.

Jésus (Jésus Natalino Almeida) enveredou pelo universo da cultura e das artes por meio da poesia ainda na infância. Na adolescência, iniciou-se na dança, praticando Ballet Clássico e Jazz. O teatro surgiu em sua vida estudando no SESC com Ferruccio Verdolin Filho, quando participou da montagem de “A Cidade das Aves”, de Aristófanes e em seguida do espetáculo “O Sortilégio da Mariposa”, de Federico Garcia Lorca, dirigido por Yuri Simon. 

 

Fez uma passagem pelo Galpão Cine Horto, onde aprofundou seus conhecimentos em teatro. Iniciou-se na Performance Art no Centro de Experimentação e Informação de Arte – CEIA. É estudante na Escola Livre de Artes Arena da Cultura (ELA) na Área de Dança, mas também foi estudante da Área de Teatro e, na Área de Artes Visuais, fez parte do Plataforma em Suspensão, um Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Performance e Intervenções Urbanas. 

Ao longo deste tempo de imersão na arte, dançou no Grupo Aruanda, no Coletivo Em Obras e no Entre Corpos. Participou de “Cenas Pretas”, integrou o Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto e da Mostra Hífen de Pesquisa – Cena no Rio de Janeiro. É também instrutor de Lian Gong em 18 Terapias – Ginástica Terapêutica de origem oriental.  Atualmente segue fazendo trabalhos solos de Dança e Performances. 

 

Contato:

jesussuper2003@yahoo.com.br

www.instagram.com/jesus.almeida.501

press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/1